Heineken recicla mais de 200 mil copos no Rock In Rio

Heineken recicla mais de 200 mil copos no Rock In Rio

O Rock In Rio acabou se revelando muito mais do que um evento de música. Diversos patrocinadores se reuniram para tornar a experiência de estar na Cidade do Rock muito mais intensa nos sete dias de evento. Foram dois finais de semana, dos dias 13 ao 22 de setembro, e o Máquina do Tempo esteve por lá com o patrocínio da Heineken.

Foto de Theo Ribeiro

As ações da marca, aliás, estavam excelentes. A que mais fez sucesso, é claro, foi a tirolesa montada bem na frente do palco principal, em que a fila chegava a seis horas de espera, para poder passar voando por cima da multidão que acompanhava os shows. Mas uma das ações mais importantes estava do outro lado do evento, perto do palco Sunset. “A gente tem uma plataforma de sustentabilidade na empresa em diversas frentes de trabalho”, conta Karla Brandão, Director – Public Affairs & CSR Corporate Relations da marca. “Quando a gente faz uma ação em um festival como este, precisamos trazer a sustentabilidade para dentro da realidade de quem frequenta.”

Entre as preocupações estava não vender bebidas alcóolicas para menores de 18 anos, e tentar controlar ao máximo a comercialização do produto. A principal ação, no entanto, se traduziu na loja Rock & Recycle, que estimulava os frequentadores do festival a jogarem seus copos de plástico descartáveis dentro de uma máquina, separando-os assim para a reciclagem. “É uma brincadeira em que a pessoa pode juntar dez copos, e ela gira uma roleta e pode ganhar ou um copo d’água para se manter hidratado ou um brinde da marca”, diz Karla. Desta maneira, evita-se uma produção muito grande de lixo durante os dias de evento.

tenda_

Foto: Brejadas

Segundo a marca, os resultados foram bastante satisfatórios. Ao todo, foram 200 mil embalagens entregues com o apoio de mais de 20 mil participantes, distribuindo, além da água, bonés, broches, camisetas e porta-copos da marca. Isto representa 17% de todos os copos de plástico usados para o evento.No próprio estande da Heineken, os copos eram feitos de um material acrílico enquanto os convidados aproveitavam para saborear o chope servido pelos holandeses do Heineken Experience, de Amsterdam. “Eles são mais tardes higienizados na nossa fábrica e reaproveitados. No mundo inteiro nós usamos estes copos nos nossos eventos”, continua.

imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Clique aqui para ver a imagem maior

Dentro do evento, não havia, aliás, latinhas de cerveja, por dois motivos. O primeiro era a segurança exigida do evento, para que os frequentadores não usassem a lata de outras maneiras ou se machucassem com o alumínio. O segundo é para facilitar as ações de reciclagem, que tornaram este divertidíssimo evento musical bem mais limpo para o meio ambiente!