Máquina do Tempo #107: WE ARE BACK!

Máquina do Tempo #107: WE ARE BACK!

Vocês pediram, imploraram, ameaçaram, fizeram promessas e até choraram… Seus desejos foram atendidos! Após um longo período, Leandro Bulkool e Ock-Tock estão de volta ao volante do podcast mais viajante que você já ouviu – e para comemorar este retorno, os pilotos selecionam algumas bandas que também se reúnem no palco após anos de separação, brigas, desentendimentos e outros fatores externos. Celebre conosco a volta dessas bandas e todos a bordo!

P.S.: devido alguns problemas técnicos, a qualidade de áudio das vozes durante este episódio encontra-se abaixo da normal encontrada neste podcast. Tais questões já foram solucionadas a fim de garantir a qualidade de sempre a partir dos próximos programas. Agradecemos a compreensão.

Quanto tempo tem esta edição?

107 minutos do melhor do rock n roll que fez a curva de volta para nós.

O que vai tocar?

Stone Temple Pilots, Faith No More e Bad Company são alguns dos nomes que nos acompanham neste retorno.

Para ouvir basta clicar no play aqui de baixo:

Participe!
É só mandar um e-mail para podcast@maquinadotempo.blog.br.

Assine o RSS do Máquina do Tempo em seu iTunes ou agregador de feeds preferido

E quais músicas tocaram na edição anterior (#106 – 1992, parte 2)?

  • Mighty Mighty Bosstones – Dr. D. (More Noise And Other Disturbances)
  • Bioharzard – Punishment (Urban Discipline)
  • Suicidal Tendencies – Nobody Hears (The Art of Rebellion)
  • Green Day – Welcome to Paradise (Kerplunk)
  • Motörhead – Hellraiser (March or Die)
  • 4 Non Blondes – Superfly (Bigger, Better, Faster, More!)
  • Dream Theater – Take the Time (Images and Words)
  • Ringo Starr – Don’t Go Where The Road Don’t (Time Takes Time)
  • Southern Culture On The Skids – Daddy Was A Preacher But Mama Was A Go-Go Girl (For Lovers Only)
  • Mike Oldfield – Sentinel (Tubular Bells II)


Acesse também: