Máquina do Tempo #080: The Smiths & Morrissey

Máquina do Tempo #080: The Smiths & Morrissey

Os anos 80 não seriam a mesma coisa se Steven Patrick Morrissey, John “Johnny Marr” Maher, Andy Rourke e Mike Joyce não tivessem se juntado para tocar músicas de qualidade feita por pessoas comuns. Nascia assim The Smiths – e é essa história que Ock-Tock e Rod Reis, do Mundo Rod e do Papo de Artista, contam neste especial que mostra também a carreira solo do vocalista após o fim da banda

Quanto tempo tem esta edição?

Quase duas horas que contam apenas um resumo da história dos Smiths e de Morrissey.

O que vai tocar?

A primeira metade do programa é dedicada aos Smiths; a segunda parte mostra um pouco da carreira solo de Morrissey

Para ouvir basta clicar no play aqui de baixo:

 

Participe!

É só mandar um e-mail para podcast@maquinadotempo.blog.br.

Assine o RSS do Máquina do Tempo em seu iTunes ou agregador de feeds preferido

E atenção! A temporada de caça as bandas independentes está aberta, se você tem ou conhece alguma, pode mandar e-mail para este mesmo endereço com o seu MySpace, Site ou qualquer outra forma de apresentar o seu som.

E quais músicas tocaram na edição anterior (#079: 1975, parte 2)?

  • AC/DC – TNT (High Voltage)
  • Supertramp – Another mans’s woman (Retrospectacle: The Supetramp Anthology)
  • Doobie Brothers – Music Man (Stampede)
  • Pink Floyd – Welcome to the Machine (Wish you were here)
  • Alice Cooper – Welcome to My Nightmare (Welcome to My Nightmare)
  • Eric Clapton – Rambling on my mind (E.C. Was Here)
  • Black Sabbath – Symthom Of The Universe (Sabotage)
  • Rainbow – Man On The Silver Mountain (Very Best of Rainbow)
  • Eumir Deodato – Black Dog (First Cuckoo)
  • Rick Wakeman – Merlin the Magician (Myths and Legends of King Arthur and the Knights of the Round Table)

Acesse também: